Toda Jornada Mundial da Juventude possui seus patronos. Para a edição de 2016, foram escolhidos São João Paulo II e Santa Fautisna. Dois conterrâneos nascidos no país sede do evento neste ano, a Polônia.

jesus_misericordioso_jmj

Acontece que eles viveram durante a mesma época na Cracóvia, e apesar de nunca terem se conhecido, a Divina Providência uniu seus caminhos. Anos mais tarde, João Paulo II canonizou a irmã Faustina e estabeleceu o Domingo da Misericórdia para toda a Igreja – que celebramos hoje (03)! Além disso, hoje, ambos são conhecidos como os apóstolos da Divina Misericórdia.

Por isso, neste dia da Misericórdia , queremos recordar como a história destes dois santos se cruzou.

santa_faustina_jmjSanta Faustina – Helena Kowalska era sardenta, com bonito cabelo loiro-arruivado, de estatura mediana e muito alegre. Quando tinha 16 anos mudou-se da aldeia familiar para a cidade onde começou a trabalhar como empregada doméstica. Pedia aos seus pais que a deixassem ir ao convento, mas estes sempre lhe proibiam. Depois de uma ocorrência particular numa festa sumptuosa, quando pela primeira vez viu a Jesus, optou decisivamente por seguir a voz do seu coração.

Ela recebeu o nome de Faustina na Congregação das Irmãs de Nossa Senhora da Misericórdia, na qual entrou quando tinha 20 anos. Para cumprir bem a missão que lhe tinha sido confiada, Irmã Faustina obteve dotes excepcionais: pôde ver a Jesus e conversar com Ele, participar nas ocorrências da sua vida, olhar fora da dimensão do mundo presente, ou seja, ver a realidade do céu e do inferno. E estes são só alguns dos seus dons particulares.

Jesus, ao confiar-lhe esta missão exclusiva, disse: “Envio-te a toda a humanidade com a Minha misericórdia” (Diário, 1587). Incumbiu-a da tarefa de recordar e proclamar ao mundo a verdade sobre o Seu amor misericordioso: pela vida, obras, palavras e oração.

As palavras de Jesus, que apontava no seu diário, iam-se converter em luz e consolação para muitas gerações futuras que iriam descobrir o rosto de Deus como o Pai cheio de amor. O sinal visível desta mensagem foi o quadro com a assinatura: “Jesus, eu confio em Vós”.

Santa Faustina faleceu em Cracóvia com apenas 33 anos de idade, ficou conhecida no mundo como apóstola da Divina Misericórdia e autora do bestseller traduzido para mais de 30 línguas, intitulado simplesmente “Diário”.

joao_paulo_ii_jmjSão João Paulo II – O continuador da sua missão foi Papa João Paulo II – celebrado também neste dia (03). Em 30 de abril de 2000, o Papa não só a incluiu na comunidade dos santos, mas também cumpriu o desejo de Jesus ao introduzir em toda a Igreja a festa da Divina Misericórdia.

Disse naquele dia: “Sinto hoje muita alegria mostrando a toda a Igreja como um dom de Deus para os nossos tempos a vida e o testemunho da Irmã Faustina Kowalska. Esta canonização tem uma eloquência particular: mediante este ato quero hoje transmitir esta mensagem ao novo milênio. Transmito-a a todos os homens para que aprendam a conhecer sempre melhor o verdadeiro rosto de Deus e o genuíno rosto dos irmãos”.

Comments are closed.