Foto: Blog Com Shalom

Foto: Blog Com Shalom

Madre Teresa de Calcutá será canonizada no dia 4 de setembro deste ano, informou, nesta terça-feira, 15, o Vaticano. A data foi anunciada após o consistório presidido pelo Papa Francisco, quando ele assinou o decreto para a canonização da madre e de mais quatro beatos.

Ao lado de Madre Teresa, a Igreja Católica terá mais cinco santos: em 5 de junho, a canonização do padre polonês Stanislao de Jesus Maria, fundador da Congregação dos Marianos da Imaculada Conceição da Beatíssima Virgem Maria; e da religiosa Maria Elisabetta Hesselblad, fundadora da Ordem do Santíssimo Salvador de Santa Brígida.

No domingo, 16 de outubro, serão proclamados santos José Sánchez del Río, mexicano martirizado aos 14 anos durante a perseguição religiosa no México; e José Gabriel del Rosario Brochero, conhecido como o ‘Cura Brochero’, que percorreu a Argentina numa mula para levar a mensagem do Evangelho no século XIX.

Sobre Madre Teresa

Anjezë Gonxhe Bojaxhiu, a madre Teresa, nasceu em 1910 em Skopje, território albanês, atualmente capital da Macedônia. Entrou para a vida religiosa em 1928, com o propósito de ser missionária na Índia.

Em Calcutá, território indiano, a madre passou grande parte de sua vida e realizou um trabalho de caridade que comoveu o mundo. Ela foi a fundadora da Congregação das Missionárias da Caridade e, em 1979, recebeu o prêmio Nobel da Paz por sua atuação missionária.

Madre Teresa morreu em 1997, aos 87 anos, em Calcutá, na Índia. Foi beatificada no dia 19 de outubro de 2003 pelo então Papa João Paulo II.

Comments are closed.