Preparar-se para o Natal com a oração, a caridade e o louvor é manter o coração aberto para deixar-se encontrar pelo Senhor que tudo renova. O Santo Padre recordou que nestes dias “começamos um caminho novo”, um “caminho de Igreja… para o Natal”. Vamos ao encontro do Senhor, “porque o Natal -enfatizou- não é apenas uma comemoração temporal ou uma lembrança de algo belo”.

“O Natal é mais: nós vamos por este caminho para encontrar o Senhor. O Natal é um encontro! E nós caminhamos para encontrá-lo: encontrá-lo com o coração, com a vida; encontrá-Lo vivo, como Ele é; encontrá-Lo com fé. E não é fácil viver com fé. O Senhor, na palavra que escutamos, maravilhou-se deste centurião: surpreendeu-se da fé que ele tinha. Tinha empreendido um caminho para encontrar o Senhor, mas o tinha feito com fé. Por isso, não foi somente ele que encontrou o Senhor, mas sentiu a alegria de ser encontrado pelo Senhor. E este é precisamente o encontro que queremos: o encontro da fé!”.

E mais importante do que encontrarmos Jesus, disse, é “deixar-nos encontrar por Ele”.

O Papa disse que para isto é preciso ter um “coração aberto, para que Ele me encontre! E me diga aquilo que Ele queira me dizer, que nem sempre é aquilo que eu quero que me diga! Ele é o Senhor e Ele me dirá o que tem para mim, porque o Senhor não nos vê como um conjunto, como uma massa. Não, não! Ele nos olha a cada um no rosto, nos olhos, porque o amor não é um amor assim, abstrato: é amor concreto! De pessoa a pessoa: O Senhor, pessoa, vê a mim, pessoa. Deixar-se encontrar pelo Senhor é justamente isto: deixar-se amar pelo Senhor!”.

Neste caminho para o Natal, concluiu, ajudam-nos algumas atitudes: “a perseverança na oração, rezar mais; ser mais concretos na caridade fraterna, aproximar-se mais àqueles que precisam; e ter a alegria de louvar o Senhor”. Portanto, “a oração, a caridade e o louvor”, com o coração aberto “para que o Senhor nos encontre”.

Comments are closed.