Nesta sexta-feira, 2, festa da Apresentação de Jesus no Templo, a Igreja celebra o Dia Mundial da Vida Consagrada. No Vaticano, o Papa Francisco presidirá Missa na Basílica Vaticana com os membros dos Institutos de Vida Consagrada e as Sociedades de Vida Apostólica. A celebração será transmitida ao vivo pela TV Canção Nova a partir das 14h30, pelo horário de Brasília Esta será a 22ª vez que a data é celebrada. O Dia Mundial da Vida Consagrada foi estabelecido a partir de 1997 pelo então Papa João Paulo II, após a publicação da Exortação Apostólica Pós-sinodal “Vita consecrata”. O documento traz uma reflexão sobre a vida consagrada e a sua missão na Igreja e no mundo. Na celebração do ano passado, o Papa alertou os religiosos sobre a “tentação da sobrevivência”, uma atitude que pode tornar estéril a vida consagrada. “A atitude de sobrevivência faz-nos tornar reacionários, temerosos, faz-nos fechar lenta e silenciosamente nas nossas casas e nos nossos esquemas. Faz-nos olhar para trás, para os feitos gloriosos mas passados, o que, em vez de despertar a criatividade profética nascida dos sonhos dos nossos fundadores, procura atalhos para escapar aos desafios que hoje batem às nossas portas”. Há três anos, a Igreja vivenciou o Ano da Vida Consagrada, de 30 de novembro de 2014 a 2 de fevereiro de 2016. O Ano especial foi um período no qual os católicos, especialmente as congregações religiosas, aprofundaram diversos aspectos da vida consagrada. A Congregação para os Institutos de Vida Consagrada e as Sociedades de Vida Apostólica é presidida pelo cardeal brasileiro João Braz de Aviz.

Comments are closed.